Tente outra vez

Scroll down for English
Esta noite, assisti a um filme muito interessante: Um ninho para dois. Conta a história, bastante forte, de um casal que perde sua filha bebezinha e não sabe como administrar essa dor.

Esse relato tão forte, me fez lembrar minha prima que viveu exatamente essa dor. Como ela conseguiu se recuperar? Como consegue caminhar? Como consegue levantar e continuar? A resposta é: Não sei! Deus nos coloca circunstâncias e desafios que nos fazem tirar forças de onde não sabemos que temos. Admiro demais essa minha prima pois, como no filme, ela não desistiu. Agarra todos os dias sua saudade, coloca força e transforma tudo em luz. Você é incrível Erica! Eu tive esse medo com meus filhos também, pois em dois momentos pensei que iria perdê-los. Naqueles momentos de angústia, ter que tomar decisões drásticas que não podem esperar, com a cabeça a mil, não é nada fácil!

Vejo também meu querido primo herói, chamado Asafe, que há 20 anos enfrenta os centros cirúrgicos. Já são 53 cirurgias nesse tempo. Ele deve ser o campeão de cirurgias do Brasil! Desde seus 4 anos vamos ao Morumbi juntos para assistir ao São Paulo e os médicos sempre deixavam implícito que poderia ser a última vez. Hoje , com 22 anos, continua sua jornada junto com sua família mas em nenhum momento, em toda essa nossa caminhada, o vi sem um sorriso no rosto. Já o presenciei muitas vezes puto por causa do São Paulo, mas em nenhum momento como vítima ou triste com seu desafio.

Basta ser sincero e desejar profundo, você será capaz de sacudir o mundo. Vai, tente outra vez, tente e não diga que a vitória está perdida. Se é de batalhas que se vive a vida, tente outra vez!

Raul Seixas

Outra história de superação de uma perda muito grande, foi a do meu amigo Jev Zanini que conheci em sua entrevista ao Business Rock. Ele perdeu o pai ainda adolescente e não esmoreceu. Lutou muito, estudou, viajou e tornou-se um grande empresário do meio do turismo. Acho que essas histórias entrelaçadas, que fazem parte da minha vida, aliadas a uma fé imensa, mostram-me que temos o poder de mudar o mundo. Somos espíritos muito fortes que habitamos corpos e que nossa luz vai muito além do que podemos imaginar.

Este ano completo 17 anos de romaria da cidade de São Paulo até Aparecida do Norte. São 170 km de caminhada de reflexão e de amor. Desde o momento que saio de casa, até o momento que avisto a catedral, agradeço a todas as pessoas que passaram, passam e passarão pela minha vida e por todas as oportunidades de aprendizado que Deus coloca em meu caminho.

Durante esse bate-papo com Jev Zaninni apresentamos a banda finlandesa Blueintheface, que já se apresentou no Brasil e faz um som irreverente e muito inteligente. Claro que nem preciso dizer que são presença obrigatória nos programas Central Station do meu brother Alec Gonzales. Então, por hoje é só, Rockers. Um abraço, até a próxima semana e, enquanto esperamos, meditemos nas sábias palavaras do meu grande ídolo Raul Seixas. Tente outra vez!

The other night I watched a touching movie called “A nest for two”. It’s about a couple who lose their baby daughter and don’t know how to deal with the pain. This reminded me of my cousin Erica, who lived exactly the same situation. But it seems that such circumstances only make us stronger and I really admire this cousin of mine.

There’s also my cousin Asafe, who I see as a hero, because he’s been fighting a medical condition for over 20 years with as many as 53 surgeries since then. We used to go to the stadium together to see São Paulo play and the doctors always implied that it could be the last time. Now, 22 years later, he is still with us and I’ve never seen him without a smile on his face. I’ve witnessed him pissed off about his team, but at no time saddened by his own challenge.

Another story of overcoming a big loss was that of my friend Jev Zanini, who I interviewed for Business Rock. He lost his father as a teenager and didn’t let up. He fought hard, studied, traveled and became a great businessman in the tourism sector.

I think these intertwined stories that are part of my life, combined with an huge faith, show me that we have the power to change the world. We are very strong and have a light iinside that is stronger than we can imagine.

This year I complete 17 years of pilgrimage from the city of São Paulo to Aparecida do Norte. It’s a 170 km walk of reflection. From the moment I leave home to the moment I see the cathedral, I’m grateful to all the people in my life; present, past and future, and for all the learning opportunities that God put on my way. So, let’s go on and think about the wise words of my great idol Raul Seixas: “Keep on trying”!

During the interview with Jev Zaninni I also introduced the Finnish band Blueintheface, which has already performed in Brazil and makes very irreverent and catchy music. Of course, it goes without saying that they are a mandatory presence on the Central Station radio shows by my brother Alec Gonzales.

Sandrão

Sandrão

Apresentador do programa Business Rock que vai ao ar semanalmente pela Rádio 66 Brasil FM, também é colunista da Jump City Rocks onde compartilha suas experiências entrevistando empresários, executivos e empreendedores do Brasil e do mundo ao som de muito Rock’n'Roll!

Compartilhe / Share!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email